domingo, 5 de fevereiro de 2017

Dá pra viver de agiotagem?

Depende de quanto capital você tem disponível. Vamos a alguns cálculos simples. Você deve estar pensando aí, bom eu tenho 10 mil, então se eu cobrar 10% todo mês eu tenho 1.000 de renda. Aí você já começa a viajar: “cara, então se eu tiver 40 mil vou ter uma renda de 4 mil por mês!”. Nao é bem por aí.

Digamos que você tenha 10 mil, para você por as mãos nos 1000 no próximo mês você precisaria emprestar esses 10 mil para que pagamento fosse feito em uma vez. Como assim? Nem todo mundo pega dinheiro e tem disponibilidade para pagar de uma vez. Explico: você se atrapalhou com suas contas e não tem dinheiro para pagar os IPVA do carro, digamos que é 1.800, se você pegar 1.800 a 10% a.m no próximo mês você teria que pagar os 1.800 + os juros que dá no total 1.980, mas o cara não vai ter essa grana, então ele vai pagar de acordo com seu orçamento, o agiota faz a simulação em diferentes parcelas e mostra pro cara, ele escolhe a que se encaixa no orçamento. Eu emprestei 2 mil pra um cara comprar uma máquina pra trabalhar, ficou 4 parcelas de 760, total 3.040, 1.040 de juros, ou seja 260 reais de lucro por mês. Entendeu? Meus 2 mil não voltaram de uma só vez com os juros de 200, ao contrário, recebi em 4 meses.

Se você pretende emprestar 10 mil por mês, você vai precisar de bem mais do que 10 mil reais.
Eu cheguei a fazer umas simulações, mas o valor exato é dificil pois depende de vários fatores: quantas pessoas você emprestou, em quantas parcelas elas pagaram, se elas pagam só o juros ou a parcela total,etc.

Digamos que você precisaria de 17 mil, você empresta 10 mil no primeiro mês, aí as parcelas que os clientes pagam no próximo mês dão uns 4-5 mil, aí você já joga os 7 mil de reservas que tinha aí no próximo mês talvez você consiga 1000 de juros.

Algumas considerações: no início vai ser devagar. A primeira vez que emprestei foi 300 reais, aí não tinha mais grana. Deposi que consegui mais grana eu comecei novamente, comecei com 8 mil para um empresário, e depois o segundo empréstimo foi 500, logo mais mais 500. No primeiro mês do meu retorno, tirando os 8 mil, foi algo em torno de 1000 reais, com 3 mês foi para 6 mil e com 4-5 foi para 20 mil. Os clientes viam através de quem você já emprestou. Eu empresto mais na empresa que trabalhava. Eu era bem relacionado, então era fácil chegar em mim.

Respondendo a pergunta: dá pra viver de agiotagem? Dá sim, é mais fácil viver de agiotagem do que de renda oriunda do mercado financeiro, como falei anteriormente, 10 mil na poupança te rende 840 por ano. Se você precisa de 5 mil pra viver, e a uma T.S.R* de 0.33% a.m você precisaria de ter mais de 1.500.000 em aplicações, isso mesmo, 1 milhão e meio em aplicações!**

Outra coisa sobre agiotagem é a questão de fluxo de caixa; como assim? Sua mercadoria é dinheiro, certo? Então, você empresta dinheiro, recebe o dinheiro + juros e já empresta de novo. Isso quer dizer que sua conta bancária vai ter altos e baixos. Sempre fui quebrado, depois que comecei na agiotagem, por vezes no início me via andando com 5 mil reais no bolso, isso mesmo, mesmo na época em que eu tinha 40 mil emprestado, tinha dia que eu tava com 5 mil reais no bolso (no bolso literalmente) e + 5 na conta como tinha dia que eu tinha 50 reais na conta. Já me vi com 11 mil na conta desesperado querendo emprestar, pois dinheiro na conta quer dizer que você não está ganhando nada, mas com 1 semana toda essa grana já era, tudo emprestado e eu ficava com pouca grana. Na agiotagem é assim, nunca o que você tem será o suficiente.

Sem contar que você tem seus compromissos, certo? Cartão de crédito, aluguel ou parcela do financiamento da casa ou do carro, etc. Como eu resolvia isso? Outros amigos agiotas =) se ficar sem grana recorria a eles, mas claro, a taxa negociada entre a gente era menor, pois eu assumia todo o risco.

Mas meu ideal é trabalhar e deixar a agiotagem para ajudar os outros e aumentar meu patrimônio. Afinal dinheiro nunca é demais e eu gosto de trabalhar.


*pesquise na net o que é TSR = taxa segura de retirada.

**considerei um retorno real de 11% a.a e 7% de inflação. 

3 comentários:

  1. Eae Agiota!
    Ah se eu tivesse alguém que requisitasse empréstimos, kkkk.
    Esse mês emprestei uma quantia para um amigo, sem juros, coisa de bobo, mas o cara é muito chegado, enfim, eu que ofereci pra colaborar..
    Quanto aos seus negócios, e o risco de não receber ou ser denunciado? Como você faz pra selecionar seus cliente e evitar esses problemas?
    E como funciona a contabilidade? Tanto lançamentos são complicados de administrar.
    Acompanharei seu blog para quem sabe me tornar o Lorde Agiota, kkk.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. sobre emprestar aos amigos sem cobrar nada:
    1. minha experiência diz que esses são os piores negócios, não sei se é psicológico, ou seja, pelo fato de você não cobrar nada o amigo acha que se não pagar não vai dar em nada.
    já tive problemas com isso, ajudei um amigo emprestando uma grana sem cobrar juros algum, e o cara demorou uma cota pra me pagar. eu cheguei a escrever uma mensagem no mural do facebook dele, mas quando um amigo em comum viu de imediato me chamou no inbox e pediu pra apagar para não manchar a imagem do cara. eu falei que iria apagar por causa dele mas que ele mandasse um recado para o cara me pagar. não ameacei, apenas cobrava insistentemente. quando o cara me via já vinha com explicações falando que não tinha esquecido que iria pagar etc... no final pagou e ainda arrumou uma mina amiga pra eu dar uns cata.

    risco sempre há, mas quando uma pessoa pega grana com você uma vez, já era, ela vira refém seu, pois ela pegou a grana pra cobrir alguma coisa (conserto do carro, cartão de crédito, remédio, etc.) e isso é uma grana que ela não tinha, então ela vai pagar mas quando pagar vai notar que não tem mais essa grana e acaba pegando novamente.

    Não dá pra selecionar clientes, claro, as vezes alguns são mais suspeitos, já empretei 1500 pra um cara, no outro dia me pediu mais 2000 sem nem ter pago o outro, fiquei enrolando uns dias, acabei emprestando e deu certo.

    o melhor lugar é na empresa em que você trabalha, o problema é que isso as vezes pode dar justa causa. onde eu trampava era de boa, empresa pequena <50 funcionários e conhecia o dono.

    denúncia é muito raro, pois o cara pega dinheiro com vc ele não vai te denunciar pq ele vai precisar de vc muitas outras vezes. o que acontece é quando vc ameaça a pessoa, manda alguém bater nela, mas é raro até pq ela tem medo de sofrer as consequencias de uma possivel denuncia.

    até hoje nunca deixei de receber, como falei as pessoas acabam virando refém, no sentido de smepre precisar, então se der mancada sabe que vc não vai mais arrumar grana para elas.

    como eu sou bem extrovertido, eu chegava na doca onde tinha os motoristas e falava algo do tipo "se precisar de um financiamento aí fala com nois" e as vezes eu já consegui na mesma hora emprestar grana, o cara pede seu contato e vc acerta os detalhes.

    contabilidade é simples, eu faço no excel mesmo, nome da pessoa, em uma aba separada eu tenhos os detalhes (cpf, endereço, telefone, nome completo, onde trabalha etc) aí lanço data de inicio, valor inicial, parcelas etc... confesso que as vezes fica confuso mas já estou planejando mandar fazer um sistema.

    ResponderExcluir
  3. Aí vem um Empréstimo Acessível e Legítimo que mudará sua vida para sempre, eu sou o Dr. Mariano Torrez Gómez, um credor certificado, ofereço empréstimos ao setor público e individual que precisam de assistência financeira em uma baixa taxa de juros de 2% . Bad crédito aceitável, os Termos e Condições são muito simples e atencioso.Você nunca vai se arrepender de nada nesta transação de empréstimo, porque eu vou fazer você sorrir. E-mail via (marianotorrezloans@gmail.com) você está procurando um empréstimo rápido e legítimo on-line, porque você não experimenta o Dr. Mariano Torrez Gómez e está livre de dívidas? Obter um empréstimo desta empresa é 100% garantido. e garantido. Será uma grande alegria para nós quando você estiver financeiramente estável. Envie-nos um e-mail via marianotorrezloans@gmail.com

    ResponderExcluir