sábado, 13 de janeiro de 2018

Se aventurando, se dando mal e perdendo muito dinheiro

Bom galera aqui vai outra experiência de como eu perdi 12 mil reais.

Bom há um tempo me foi apresentado uma proposta de comprar um pequeno negócio. Na época meu futuro sócio ficou sem dinheiro e o negócio não vingou. Tempos depois eu já com mais confiança em conseguir o dinheiro, o chamei pra negociarmos de novo.

Confiei demais no vendedor do negócio, ele me deu um monte de ordens de serviços feitas a mão que seria seu faturamento. Fiz o cálculo e vi que em 6 meses tiraria meu investimento. Negócio fechado (sem contrato por sinal) e em uma semana percebemos o enrosco que nos metemos.

Depois de trocas de farpas por whatsapp, acordamos em devolver o negócio e o cara iria devolver o dinheiro da entrada - 12 mil. Acabei concordando em receber somente 7 mil em 7 parcelas de mil. Isso faz um tempo já e não vi a cor do dinheiro. Estou vendo com advogado mas isso vai ser complicado pois o que ele fez não é crime (palavra do advogado) e não vou me arriscar ameaçando o cara nem nada. Vamo por no pau e esperar.

Isso foi uma lição... estava indo bem... devagar e sempre mas quis dar um passo maior que a perna em lasquei. Juntando isso aos 8.5+ que perdi com meu amigo lá no negócio do carro, aí foi 20k de prejuízo!

"Ah e você não quebrou assim não agiota?"
Não pois graças à minha integridade e palavra e fama de bom pagador, sempre consigo dinheiro para emprestar pros meus clientes. Os 20k fazem muita falta. fazem sim, 20k é uns 2k/mes fácil, mas bola pra frente.

Hoje não vou mais me aventurar nesses negócios em que não manje muito. Vou continuar na minha agiotagem devagar e sempre que ganho mais. Mantendo essa média aí de uns 4-5k de ganhos mensais está bom, dá pra cobrir as perdas e fazer meu pé de meia.

Outra coisa importante que faz com que eu não quebre é meu estilo de vida nada luxuoso. Afinal alguém ganhando 8k mensal, dá pra andar de carrão e pagar de gatinho, mas eu ando a pé e levo marmita pro trabalho kkkkkkkkk
Tinha um carrinho com 16 anos de idade já mas já vendi pra ganhar mais dinheiro. Meu sonho era o de comprar uma caminhonete (amarok/frontier/s10) mas vou deixar isso pra quando realmente tiver ganhando muito dinheiro. Hoje se for comprar um carro vou comprar um carrinho simples 2005 com IPVA e custos baixinhos.

Antes de vender o carro já tinha vindo o IPVA.. sabe quanto? 300 conto! Enquanto colegas meus choram pra pagar os 3 mil de seus carrões rsrs


É isso aí galera, perde-se uma batalha mas a guerra continua. Devagar e sempre, assim se chega lá.

vlw agiotas.

Relação com investidores

Boa madrugada amigos.

Venho aqui contar um causo que quebrou minhas pernas há uns meses aí. Esse foi meu primeiro investidor, começou com 10k, depois 15 e chegou a 30 mil. Peguei uma grana com esse cara a fim de dar de entrada num negócio que não deu certo (conto depois).

Pois bem, esse cara tinha 28k na minha mão, e do nada falou que estava negociando um imóvel e que precisava de 24k em 5 dias. Ele tinha me falado 15k, eu achei que tinha entendido isso e lhe falei que não era bem assim, pois bem, ele falou que precisava do dinheiro pois estava negociando e conseguiu um bom preço. Argumentei que não se levantava uma grana assim do dia pra noite e quando me perguntou se não tinha na conta deu vontade de falar ''cara, você é burro ou o quê? você acha que vou ficar com 20 mil parados na minha conta só pra dizer que tenho e pra ficar rasgando dinheiro pagando jurus?"

Mas pelo bem da nossa relação falei que ia tentar conseguir a grana. Pois bem. Com muito custo eu consegui 20 mil com um colega (já falei dele, que comecei pegando 500 conto com ele e por aí vai...) peguei os 20k, tinha 4k na conta e passei tudo pra ele.

Eu prometi pro cara dos 20k que ia pagar em no máximo 2 meses, já faz uns 4 meses e ainda devo pro cara kkkkkk
Mas vou levando no banho maria, vou pagando os juros, pagando uma parte mas vou pegando mais. Há um tempo ele vinha falando ''e aí,c omo vão os negócios,nunca mais pegou dinheiro comigo?" Aí eu já tinha falado ''ahhh agora estou em outro nível, só pego de 10 mil pra cima''... me deu 20k. Agora pra alegrar ele as vezes aparece algum esqueminha então eu falo pra ele entrar com alguma grana e pegar os 10% que cobro. No geral pego a 6% e emrpesto a 10%, é muito errado isso que faço pois o risco é meu, mas acostumei ele mal.

Bom, aos poucos vou gerenciando os investidores. Consegui outro, que já me deu 10k. Hoje tenho um total de 4 investidores e devo mais ou menos assim:
IV1: 12.600
IV2: 17.000
IV3: 10.000
IV4:   5.000

Total de 44 mil: as taxas variam de 4% a 6%. Com isso pago em média 2.4k+ de juros pros meus investors.


Mas o que eu quero passar para vocês que estão no ramo ou estão começando, uma hora ou outra dependendo de seu circulo de amizade você vai precisar de pegar dinheiro com alguém pra manter o fluxo de capital sadio, e deixe bem claro para seus investidores que se eles precisarem do dinheiro devem pedir com x dias de antecedência. Isso é muito importante, blz, eu tive sorte de ter esse colega que confia assim em mim, mas se não tivesse? Provavelmente esse investidor iria perder a fé em mim por não entender do negócio e eu não poder dar o dinehiro ele talvez iria achar que eu não era honesto.

Hoje eu deixo bem claro para eles... quer seu dinheiro? Vai receber, mas à medida que eu possa pagar. Se por exemplo, esse mesmo investidor quisesses seus 12 mil hoje eu iria lhe falar... vou te pagar em 5x. Ponto final, nem daria cheque pra não correr o risco de o cara depositar todos de uma vez.

Um desses me falou que tem planos de comprar um apartamento e viu em mim um a possibilidade de ganhar um extra, e eu já lhe falei: receberá seu dinheiro, mas não vai ser do dia pra noite.


Vlw seus agiotas.

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Peguei um carro numa dívida

Carro

Bom galera, estou de volta e vou contar alguns "causos" que aconteceram comigo nesse tempo.

Um empresário que sempre pegava dinheiro comigo, ele é amigo meu, quebrou literalmente. A empresa foi de mal a pior. Ele chegou a me dever 30 mil. Mas foi quitando e ficou 15.000 + os juros mensais + um juros de 7 mil que ele pagou o principal só.
Acabuo que ficou 2 meses sem pagar os juros e eu cheguei nele cobrando, ele falou que a coisa tava preta e que não tinha como mais pagar juros. 2 meses que ele ficou  sem pagar já foi 1.600 de prejú (eu não passo prejuíz pros meus investidores).

O que aconteceu, a gente falou do carro; da possibilidad de ele vender ou me passar. Acabou que ele não queria passar o carro e queria me pagar os 15 mil em 15x de mil. Ia me lascar pois isso é o que eu pagava para um investidor, ou seja, eu ia pegar msu 15 mil e torrar pagando de juros. Falei que não e queria o carro. Pediu um tempo e depois resolveu me passar o carro, só que uma pegadinha, queria mais dinheiro! Pediu 4 mil pra pagar umas contas, eu só arrumei 1.500. Pra quê.... até hoje não me pagou.

Bom, o carro valia 15.800 de tabela, aí ele me passou o carro e morreu essa dívida de 15k. Para minha surpresa quando fui passar o carro pro meu nome tinha 800+ de multas. Gastei no total 1.150 para transferir pro meu nome. Eu acabei gastando uns 2600 no carro mais ou menos para deixá-lo "andável" - troquei os alto falantes, comprei jogo de rodas de liga, etc. Fiquei pouco menos de 3 meses com o carro e decidi vendê-lo. Vendi por 12 mil, se contar que 2 mil de rodas ele foi pra 10 mil, e as multas restantes + licenciamento +/- 800, foi pra 9.200.

Calculando por baixo, nessa brincadeira perdi mais de 8 mil reais.

Pensa que é fácil? Aí vcs me perguntam: cara como vc não quebra com um preju desses? Resposta: fluxo de caixa. Uma vez escutei que uma empresa não quebra por dar prejuízo mas sim por falta de caixa. O que é bem verdade, se você tiver como se financiar até sanar as dívidas, sem problemas, mas uma vez que seca a fonte de dinheiro para honrar seus compromissos do dia a dia aí já era.

Mas meu pensamento foi: com os 11 mil líquidos da venda (era 12, mas ele me deu 11 e ia pagar o licenciamento + multas) eu vou emprestá-lo e em 5 meses vou recuperar esse prejú e ter meus 15 de volta (isso se não houver mais nenhum calote desses kkkk).

Pois bem, foi bom a experiência de ter um carro, mas a ter uma renda extra de 1.000+ a mais é bem melhor kkkk

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Ainda estou vivo!

Fala galera da blogosfera financeira e aspirantes a agiotas.

Faz tempo que não publico. A verdade é que fiquei bem triste com uns negócios errados aí.

Eu comprei um negócio e acabou que não vingou pois o cara mentiu, não me preparei juridicamente e tive uma bica de 12 mil (falarei sobre isso especificamente depois).

Pela primeira vez recebi um veículo em uma dívida mas aí tomei outra bica. Pois havia 2 meses que o cara não pagava o juros, falou que não teria como pagar. Peguei o veículo no valor da divida (peguei na tabela), e para minha surpresa o carro tinha muita multa, gastei 1.150 pra transferir pro meu nome. Hoje estou fechando a venda do veículo, estou vendendo por 12 mil (coloquei rodas, um som melhor mas mesmo assim não consegui vender nem perto da tabela). Se contar o juros que ele deixou de pagar, as multas que paguei, mais o que gastei no veículo* e valor de venda foi um prejuízo total de 8.400 reais. Já imaginou tomar uma bica dessa?

Continuo atraindo investidores. Hoje eu devo cerca de 49.500 pra investidores. Estou pagando caro ainda, pois infelizmente um investidor meu pediu o dinheiro de uma vez só. Estava devendo 28 mil pro cara, ele pediu 24 mil de uma tacada só. Aí peguei com outro investidor/agiota essa grana, mas quebrou minhas pernas pois pro investidor 1 eu pagava o juros mensal, esse agiota gosta de quantias altas, cheguei a pagar 2x de 10 mil pra ele, mas aí com os clientes pedindo dinheiro fui pegando mais.

Hoje minha carteira está com 115 mil, só que uns 25 mil é credito podre. Vou refazer minha planilha para retirar esses valores.


Desculpa a ausência pessoal. Mas dinheiro é foda.
Mas no geral estou feliz hoje. Ano passado viajei para o exterior 2x, passei fim de semana em praia, curti pra caralho. Entrei na academia e ganhei 10kg (gastei muito dinheiro com bomba), peguei 2 minas que há muito queria pegar mas como tava feinho não me davam bola.


Prometo que vai ter muito conteúdo e estórias agora.

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

100k de carteira, 45k emprestados no mês e 800 na conta

Essa semana ultrapassei a marca dos 100 mil emprestados. Mas isso quer dizer que eu tenho 100 mil de patrimônio? Não! 
O que significa é que eu tenho, contando os juros, 100 mil para receber, mas desses 100 mil eu tenho +/- 20 mil que é o que considero créditos podres: são empréstimos com risco de calote (>90 dias sem receber) e devo +/- 24 mil para investidores.

Esse mês marca 1 ano que iniciei para fazer no ramo dos empréstimos clandestinos. Se comparado com alguns pesos pesados da blogosfera isso é dinheiro de pão, mas para mim é algo expressivo contando que comecei há um ano com 8+k.

Em meados de junho eu pensei em parar de emprestar, só receber o que tinha pra receber e ver o que iria fazer no final do ano, mas a perspectiva de ganhar mais e tirar o prejuízo dos calotes que vou ter me fez mudar de ideia e tem também aqueles caras que sempre te pedem "ajuda". Pois é, para algumas pessoas desbancarizadas o agiota é um salvador da pátria, e não um criminoso como alguns jornalistas gostam de falar. São pessoas simples que não tem de onde tirar o dinheiro na hora de um aperto, comprar um remédio pro filho, um motoboy que tem que comprar um conjunto novo pra motoca dele que é seu ganha pão, e por aí vai.

Como venho relatando, dá pra ganhar dinheiro, mas tudo tem seu preço. Você com certeza vai perder dinheiro, mas se souber gerenciar bem os riscos seu retorno estará garantido. Tem também dores de cabeça por ter de ficar indo atrás dos safados/veacos.

Esse mês foi meu recorde, 45+ mil reais! Significa que eu tinha 45k na conta? Não, significa que dentro do mês fui recebendo e emprestando até chegar na cifra de total de saídas de 45k, isso fora os que pagaram só os juros com a promessa de pagar o montante no próximo mês.

era só isso, vou ter que correr pra resolver uma bica aqui no trampo.

Att,


terça-feira, 29 de agosto de 2017

Como eu atraí investidores...

Bom, todo agiota sabe que ao começar no ramo, vai chegar uma hora que você vai ficar sem capital. A não ser que vc seja já muito rico e queira se aventurar no ramo, você sem dúvida vai ficar sem grana.

Isso aconteceu comigo e continua a acontecer, não importa quanto eu tenha. Como [acho que] falei aqui já, eu comecei com 8 mil da conta corrente. Hoje tenho uns 100 mil a receber (-24kde investidores e 20k em créditos podres).
Esse mês foi uma montanha russa, de 11k pra 200 pra 7k pra quase nada de novo. Hoje mesmo eu tinha uns 5.5k na conta e me pediram 6k, pedi 3k pro meu caixa forte e fiquei com 2.5k mas logo emprestei + 300 e fiquei com 2.2.

Seus colegas ao saberem que você é agiota um dia ou vão (1) te pedir dinheiro ou (2) perguntar como funciona o negócio. Alguns já dizem logo que não levam jeito pra coisa pois não têm coragem de cobrar etc,. As perguntas são sempre as mesmas e a principal é "[Ag] dá dinheiro isso aí?". Claro que dá, perde-se mas ganha-se também.

E com isso, uma hora vai aparecer alguém pra te oferecer dinheiro, seja diretamente ou indiretamente. Comigo meu primeiro "investidor" eu captei foi pedindo diretamente dinheiro para ele. Depois de um tempo fazendo isso e ele já sabendo e conversando com ele eu um dia precisei de uma quantia e expliquei pra ele "eu preciso de xk, vou te pagar 5% a.m em x vezes". Ele aceitou.

Outro eu perguntei se ele queria entrar pro ramo de "factoring" e me chamou pra tomar um café e logo me falou "se eu te der 30k quanto vc me dá por mês?" e eu falei, "vamos começar por baixo, vamos começar com 10k, vou te dar x% que dá xx por mês" e assim já faz um tempo que fazemos negócios juntos, sempre que preciso de $$ ele está lá pra me ajudar.
Teve uma época em que ele começou a crescer os olhos e querer aumentar nosso juros acordado e eu já falei logo que não importa quanto eu cobrar, o risco é meu e o único risco dele é eu morrer, pois enquanto tiver vivo vou honrar com meus compromissos, e assim eu trago ele pras rédeas.

Outro que tem dinheiro em ações, terrenos etc, que veio me perguntar um dia o que eu tinha de "bom pra investir" e falei logo "me dá um dinheiro que te pago todo mês" e assim fizemos negócio.

O primeiro que eu pegava dinheiro, meu caixa, depois começou a crescer os olhos, chegou a me morder 7%, aí por um tempo eu não lhe pedia mais dinheiro pois como tava movimentando 20-30k mês e era muito rápido, o que entrava já saia eu não precisava mais dele. Esses dias ele veio me perguntar onde "estavam nossos clientes" pois senti que ele sentia falta do meu jurinho [risos].

Eu vou até precisar dele esses dias aqui, mas de antemão eu já falei pra ele que mudei de patamar e agora meu tíquete médio aumentou e agora coisa de 1-2k pra mim já não serve mais.

Ainda tenho um outro amigo que na hora que precisar de 10k, só por um cheque na mão que ele me ajuda.

Bom, é isso galera. Aos poucos fui fazendo meu nome no meu pequeno círculo de amigos. O importante é você não se queimar com os caras, eu já deixei de receber mais dinheiro por causa de atrasos de clientes, mas não falho com meus investidores, mesmo perdendo dinheiro pois sei que no longo prazo só tenho a ganhar com isso.

Ganhe confiança, seja transparente e honesto. Assim quando precisar de $$ não lhe faltará. Mas claro, tudo no seu limite pois não vá sair por aí pegando dinheiro que você não vai usar e nem conseguir pagar. Hoje se eu precisar de 30 mil em no máximo 4 dias consigo esse dinheiro com meus amigos.

Mas claro que só pegaria essa grana se já tivesse destino certo, pois não vou ficar com 10-20k parados na conta pagando juros só pra ter dinheiro na conta.


Vlws,
Seu Agiota.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Escritório de cobrança

Conheci um cara aí através de um conhecido. Eu precisava de um serviço desse cara e conversa vai conversa vem eu descobri que ele também trabalha com agiotagem factoring - ele não gosta de dizer que é agiota, e eu falei um pouco sobre minha experiência e ele sobre a dele - também descobri que cobro muito pouco também, ele me informou que não cobra menos que 20% pra ninguém.

E nessas conversas chegamos ao assunto safados caloteiros, eu falei da minha abordagem de ligar cobrando, mandar mensagem etc., E ele já foi me falando que ele trabalha de forma diferente.

Resumindo a ópera, falei de um devedor que tenho que está me dando trabalho, ele disse que se eu quisesse ele compraria a dívida. Pois bem, passei o contato do cara e ele já está armando o esquema para "chamar ele pra conversar".

Confesso que estou com um friozinho na barriga, pois não sei no que isso vai dá. Meu devedor já tem seus 60 anos. Não sei se ele tem "contatos" também, caso ele fique com raiva e queira se vingar de mim caso algo aconteça (perca um bem, por exemplo).

Contarei mais detalhes dessa novela no desenrolar dos fatos...

$$,
Agiota.