terça-feira, 11 de abril de 2017

Negociando com clientes

Seu produto é o dinheiro, certo, então quando alguém vem até você atrás de dinheiro é pq ela deve estar precisando muito pra resolver algum problema com urgência, mas as vezes as pessoas vem até você para querer ajuda para financiar alguma coisa (comprar uma moto, um celular, etc.) e os dois casos são bem diferentes devido a urgência. Enquanto no primeiro você está no controle da situação, no segundo há mais negociação por parte do cliente. Explico.

Quando alguém vem atrás de dinheiro para resolver algum problema urgente, ela tende a nem negociar, aceita de cara o valor que você fala, mas claro, sempre tem os chorões que não importa a situação sempre pedem desconto etc. Mas como falei vc está no controle, ela precisa mais de vc do que o contrário.

Exemplo prático: acho até que já falei isso antes, mas enfim, vamos lá. um cliente me indicou a uma amiga que precisava de mil temers, no dia eu não tinha e fiquei enrolando, dois dias depois de muita insistência por parte da pessoa recebi uma grana e respondi o whats dela, aí joguei um valor aí que chegou a 15% a.m, ela falou "Ok" na moral, sem nem pestenear.

Hoje mesmo aconteceu algo parecido também, uma cliente me pediu pra não pagar a parcela esse mes e pagar só no próximo mês, eu poderia pegar o valor atual jogar mais uns 10% e jogar pro próximo mês, mas como eu aprendi o que eu fiz, peguei e joguei os 10% pro próximo mês e + 10% considerando o que eu deixaria de ganhar se tivesse a grana, então ficou uns 20% mais caro pra ela, também nem titubeou.

Agora vamos ao caso em que vc não está no controle da situação: quando a situação não é de urgência. Exemplo, temos vários, mas semana passada um cliente aí veio sondado uma grana, acho que era 3.5 mil, queria pagar em 500 por mês, falei que ia ficar muitas parcelas, pois pense, 3500/500 = 7, ou seja, sem juros algum já ia demorar 7 meses, imagine com juros! Fiz algumas simulações pra ele mas não aceitou pois achou caro (na vdd não iria caber no orçamento dele) e eu sei quanto ele ganha não caberia mesmo. Esse é só um exemplo, se ele tivesse desperado a situação seria outra.

Uma dica para emprestar valores maiores com garantia é usar a técnica do tô nem aí. Me pediram uma vez 4k e a pessoa que pediu já veio falando que tinha carro quitado e tudo, e ao perguntar como faríamos eu falei logo pra me trazer o recibo assinado, mas infelizmente a grana que esperava não entrou e a pessoa acabou arrumando a grana com um irmão. Mas para vc ver que quando o desespero é grande as pessoas estão mais dispostas a pagar mais ou a dar a lguma coisa com garantia.

Eu estou enfrentando problemas para receber uma grana de um cara aí, na época o valor era 3.500, ele até tinha o carro da mulher mas como ele trabalhava onde trabalho pensei que não iria dar problemas.... ledo engano, a dívida hoje está em 8.400 (ele me pagou uns 500) e estou com problemas para receber. Se tivesse feito todos os tramites "legais" (passar o carro pra nome de algum amigo, e feito contrato de comopra e venda com ele) hoje estaria mais tranquilo, pois as chances de ele perder o carro seriam enormes.

Hoje me pediram 250 pra pagar dia 13/4, daqui a dois dias, pedi 10 real e a pessoa (sabendo que eu enrolo pra carai pra transferir a grana) falou que me daria 20 real pra resolver o problema dela agora. Se considerar que foi 10 por dia, num mes teriamos 300 reais, ou um juros de 120% a.m. Por ser um valor pequeno, a pessoa nem percebe o quanto está pagando de juros. Mas se o valor fosse 1.250 por exemplo pra pagar com um mês, essa pessoa pagaria só de juros 1.500! Mais do que o valor do principal. Com ctz aí ela não iria aceitar. Mas os "micro" empréstimos são os mais rentáveis, sem contar o risco também é menor, a final, perder 250 não é a mesma coisa que perder 3.5000!

Sem contar esses empréstimos de curto prazo (1, 2, 5 dias) até agora o juros mais alto que cobrei foi uns 15%. vou experimentar cobrar mais. Hoje um colega me pediu 2.800 (já me deve 1.100), não estou muito a fim de emprestar pra ele, pois é trabalhoso pra pagar, sempre tem que ficar 3-5 dias cobrando insistentemente até ele se desapegar do dinheiro, perceber que o dinheiro que está lá na conta não pertence a ele. Se eu decidir ajudar ele, vou jogar uns 15%. E outra, também estou tentando restringir a quantidade de parcelas. Já cheguei a fazer até em 8x, vou tentar fazer em no máximo 5x. 8 é muito, se um dia por ventura eu quiser sair do ramo, demora muito pra receber e sem contar que 8 meses muita coisa pode acontecer. O cara pode morrer, por exemplo, rsrs.

Att,

10 comentários:

  1. Olá Ag

    Partilho da mesma vida que voce já há algum tempo rs

    Na verdade o que me ajudou a dar um up no patrimônio foram justamentes os emprestimos o/

    Hoje giro atualmente cerca de 10k, mas como você viu no meu blog tenho 15k emprestados, esses 5k excedentes eu emprestei para meu irmao que ficou de me devolver ainda neste mês e cobrei apenas um valor simbólico de juros dele.

    Bom voltando ao assunto, estou acompanhando seu blog e gostando das postagens pois estou pegando algumas das suas técnicas pra mim hehe.

    Voce disse algumas coisas interessantes nesta sua postagem como por exemplo " os "micro" empréstimos são os mais rentáveis, sem contar o risco também é menor, a final, perder 250 não é a mesma coisa que perder 3.5000!"

    Concordo plenamente com essa sua frase pois o retorno é bem maior pois as pessoas não se importam em pagar 20% as vezes 30% em cima de 100 ou duzentos reais. Bom seria se encontrasse-mos e consiguissemos emprestar esses pequenos valores a um grupo de 100 pessoas simultaneamente, ja imaginou que beleza? rs

    Também concordo que emprestar a um prazo longo é furada pois a pessoa pode morrer, perder o emprego, se acidentar e tantas outras coisas. Eu procuro hoje em dia trabalhar com o prazo maximo de 6 meses mas procuro evitar isso e na maioria das veses os meus prazos estão em média de 2 meses.

    Outra coisa que acontece muito comigo também é de aparecer possiveis clientes querendo uma determinada quantia e eu não me sentir confortavel para emprestar devido ao histórico da pessoa ou a sua duvidosa capacidade de pagamento. Ontem mesmo apareceu um colega que queria 800 reais emprestados e eu disse que não tinha pois a minha desculpa foi que meu capital de giro já estava todo emprestado (mintiiiira) rs. Mas não me senti seguro para emprestar a ele.

    Ai hoje apareceu um colega aqui do trabalho a quem eu já empresto há algum tempo e emprestei para ele 600 reais sem a menor preocupação pois eu sei que ele paga.

    Para ele emprestei 600 reais para receber 750 parcelado em duas veses de 375. Lucro de quase 12% ao mês, que tal?

    Meu negócio é pequeno se comparado a o seu mas creio que possamos trocar várias ideias um com o outro.

    Qaulquer coisa estou por aqui e continue com suas postagens sobre o assunto porque está deveras interessante.

    Grande Abraço

    ResponderExcluir
  2. tenho amigo que uma época emprestava dinheiro numa empresa de busão desses que roda dentro da cidade, o tíquete médio também era baixo devido ao baixo salário da galera. eu ainda não consigo chegar nesse ponto pois to com uma grana presa la na empresa e sempre a galera vem pedindo mais.

    mas uma coisa que to pensando em migrar um pouco, onde moro é um condominio gigante, deve ter uns 20 funcionários que trabalham aqui entre guardinhas e faxineiras, esse é um bom lugar pois o salário é baixo deles e os empréstimos vão ser consequentemente pequenos. coisa de 100 a 500 reais por cabeça pois uma pessoa que ganha 1 conto nao vai pegar um conto pois vai ficar muito "alavancada" rsrs


    na empresa que trabalho hoje tem uns 70 motoristas; ou seja, da pra emprestar bastante grana pois eles precisam de capital de giro devido as contas deles. pra vc ter uma ideia tem um motorista agregado que chegou a faturar 31 mil reais num mês com dois carro (2 master), tem ele e um tio que dirige pra ele, hoje ele fatura em torno de 20 mil com os dois carros, ai falta grana ele pega comigo, mas o que ele pega é 5 a 6 mil de uma tacada, aí se eu cobrar 14% ele vai sentir e xiar, ta ligado. mas o cara é fmz nunca deu mancada.

    mas é como falei, esses pequenos são os melhores. outra coisa meu amigo, amedida que vc for ficando mais requisitado, vá aumentando o juros, pode inventar aí uma desculpa de que vc levou uns calotes, etc etc... se o cara tiver desesperado ele vai pagar.

    uma mina aí que eu pegava de vez em quando me falou que tem um conhecido noestado dela que empresta a 20%! e diz que o cara rejeita pedidos por não ter capital de giro! e olhe que de acordo com ela ele gira 80k mes, ou seja, 16k! (claro, tem as quebras, perdas etc que nao faz com que ele receba tudo isso) mas mesmo assim é uma boa grana.


    Hoje um cara me ligou, falando que amanha nao vai poder me pagar o que me deve pq ta comprando um terreno e ainda veio me pedir mais!! aí já escrachei com o cara... não dá pra ser bonzinho sempre, falei pra ele que na hora de pedir é cheio disso e daquilo, mas quando o juro rola solto vem chorar... vou enfiar a faca e to nem vendo.. com o desespero dele 15% tá pouco. já ajudei muito, emprestei uma grana a 8% e deu trabalho pra pagar então agora se quiser é 15% senão tem quem queira.


    já teve cara que não me senti confortávelem emprestar, mas emprestei mesmo assim. tem cara que eu empresto faz uns 4 meses já e nunca vi o sujeito! me indicaram e converso por whats.. mas claro, antes de tudo pedi uma foto do RG, CPF e compro de residencia pro cara sentir que não tá lidando com amador. pelo fato de vc pedir o compr. residencia ele ja fica imagniando que se nao pagar ele vai saber onde vc mora, e que vc pode ir atras dele...

    mas faça isso, se for indicação de algum amigo seu, nao se faça de bobo, pede comprovante de residencia, foto de rg e carai a quatro que o cara ja vai ficar esperto.

    abc

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. a não ser que vc empreste valores aí de 40 mil pra cima acho difícil alguém dar uma casa como garantia. o mais comum é carro, moto etc.

    Mas vamos lá, é tudo simulado, vou usar como exemplo um carro. primeiro o cara tem que passar para o seu nome, é como se fosse um refinanciamento, ele transfere aí pro seu nome (vc ve quem vai pagar as taxas rsrsrs) e daí vc faz um contrato de compra e venda com o cara estipulando as parcelas, manja, se ele não pagar vc não passa o carro de volta pro nome dele, pq já tá no seu, no contrato lá diz as parcelas. nao pode ser valor muito baixo pra nao haver desconfiança caso o cara venha depois por vc no pau.

    outra coisa muito importante, nesse caso o carro não vai tá no seu nome, sabe pq? agiotagem é crime, então se por ventura o cara pega lá, 15 conto com vc, ele passa o carro pro seu onme etc, vcs fazem tudo bonitinho só que o cara nao consegue pagar e o cara é um safado não aceita o fato de ter perdido o carro dele, ele vai e acoina a justiça falando que vc é agiota, que tomou o carro dele etc... ai vamos lá, ele consegue provar aí o juiz desfaz o negócio. blz.


    o mais comum é vc por o carro no nome de um "amigo", mais vulgarmente conhecido como laranja ou até mesmo testa de ferro, dessa forma vc fica distante do negócio, ele não vai conseguir provar que a transação foi fruto de agiotagem, pois seu laranja não vai ter nada a ver com vc entende. o cara vai ficar te pagando as parcelas normalmente, mas o carro já é "seu", pois tá no nome do laranja, caso o cara não pague, se enrole etc.. vc vai lá pega o carro e já era, não tá no nome dele.

    tem que ter também no contrato lá que fala sobre a responsabilidade, pois o carro é do seu amigo, porém enquanto o cliente não terminar de pagar o carro não é dele, mas ele tá andando com o carro normalmente.

    se for um empréstimo de 5-6 meses o cara nao vai ficar andando a pé (a não ser que tenha outro carr), mas digamos, é um emprestimo aí pra 30-40 dias, se ele puder passar o carro pro nome do seu laranja e puder já ficar na garagem paradinho lá, melhor ainda.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Olá tem algum contato para que eu possa falar contigo


    Abraço

    ResponderExcluir
  10. Também estou curtindo muito o seu blog , muito util , apesar de você ser um agiota pequeno , tem ótimas técnicas . Eu sou agiota% mas mecho somente com troca de cheques que me rende cerca de 6 a 9% ao mes de forma segura , no futuro irei relatar sobre esta atividad em meu lugar.

    Mas a melhor técnica que pude Copiar de voce até agora é sobre Juros altos quando voce não quer emprestar.

    Eu por exemplo , só emprestei dinheiro 2 vezes e as 2 vezes tive dor de cabeça ,e o piór a Juros baiximos ?

    Eu sou muito bonzinho ! Mas de agora em diante não , não irei ter dó.. se quiser dinheiro emprestado e eu resolver emprestar , vou jogar os juros lá emcima e explicar certinho a situação.

    ResponderExcluir