domingo, 4 de fevereiro de 2018

Pegando emprestado com o banco pra emprestar

Por 5 anos tive o nome sujo. Por bobeira, coisa de gente tonta e tola. Ora, quando adolescente, sem emprego e sem pais de condições, não tinha dinheiro pra comprar muitas coisas. Ao conseguir meu emprego e começar a ganhar um dinheirinho (salário + horas extras) comecei numa espiral, comprar tudo que sempre quis. Roupas de marca, saídas, etc.. gastava principalmente com roupas de marca - o que acho hoje uma certa bobagem vc pagar 300 reais numa camisa só pra ostentar a marca. Resultado: meu nome foi parar no spc pois não consegui pagar o cartão de crédito, limite do cheque especial.

Com o tempo foi só aumentando, sem condições de pagar pois era mais de 10 mil reais. tentei uma negociação mas eram muito inflexíveis. Via amigos meus falando que de dividas de 10-12 mil pagaram 10% desse valor, mas comigo nunca me davam esses descontos. Bom passou 5 anos e tiveram que tirar a dívida do SPC/SERASA. Fui no banco e me deram limite no cheque especial. Nossa que alegria ter crédito na praça novamente. Apesar do jurus do limite ser mais caro do que o que costumo cobrar, por uns 3-4 dias não machuca tanto. Tenho minhas fontes aí mas ultimamente esse povo deu uma de gastar à toa e tenho buscado outras formas de financiamento.

Enfim. Hoje eu estou negativo na minha conta no banco kkkk pagando 13%+ pra emprestar pros outros. O bom é que de acordo com a gerente do banco usar o limite (desde que pague) melhora meu relacionamento com o banco, ou seja, em breve devido à minha movimentação poderei ter acesso a alguma linha de crédito com juros um pouco mais baixos mas o que quero mesmo é limite no meu cartão de crédito, pois como escrevi em outro post, vc pode simular uma compra no mercado livre/mercado pago vc paga aí uma taxa de ~5% a.m.

vlw agiotas

3 comentários:

  1. Boa tarde,

    Realmente dá pra girar um bom dinheiro, hoje uso meu contato que me vende via ML e cobra só 10% do valor emprestado.

    ResponderExcluir